Cartuxa Espumante Bruto rosé 2010

Medalha de Ouro 17/09/2014

  • Cartuxa Espumante Bruto rosé 2010

O Cartuxa Espumante Bruto rosé 2010, da Fundação Eugénio de Almeida, recebeu a Medalha de Ouro, na edição 2012, do Effervescents du Monde, prestigiado concurso internacional de vinhos espumantes, que teve lugar  em novembro de 2012, na Escola de Culinária Le Castel, em Dijon, França.


Este vinho espumante bruto que prima por um estilo jovem, fresco e elegante conquistou um painel internacional de mais de 100 júris da especialidade, tendo sido o único espumante português a receber uma medalha de ouro, o que o coloca ao lado dos grandes champanhes franceses e espumantes italianos. 
    
Para Pedro Baptista, Enólogo da Fundação Eugénio de Almeida, “é um prazer enorme receber esta Medalha de Ouro de especialistas que atestam a verdadeira qualidade do Cartuxa Bruto Rosé 2010”. “Este é também um reconhecimento ao trabalho que temos vindo a desenvolver no sentido de inovar e apresentar propostas de qualidade que respondam às preferências dos consumidores”, concluiu. 

O Cartuxa Espumante Bruto rosé 2010 é um vinho produzido a partir de uvas da casta Touriga Nacional rigorosamente selecionadas e colhidas no seu estado de maturação ideal para a produção de um vinho base de espumante. A segunda fermentação ocorreu em garrafa, pelo método clássico, seguido de um estágio de 12 meses nas caves do Convento da Cartuxa.

A 10ª edição do concurso internacional de vinhos reuniu em França 660 vinhos de 25 países, tendo atribuído um total de 220 medalhas. Foi organizado pela Associação Fórum Oenologie, em participação com a Revue des Oenologues e em parceria com a Escola de culinária Le  Castel.  
 

Partilhar conteúdo: